Lees meer over onze missie

December 2012

Aumentará el costo de los fletes a partir de Enero!

Dopo mesi di stabilit al livelli dei tassi, diverse compagnie di navigazione hanno annunciato ancora una volta un altro GRI (incremento del tasso generale) per i container frigoriferi che partirano in viaggio dal 1 ° gennaio 2013. Anche se il linee trasporto hanno aumentato le loro tariffedrasticamente all'inizio di quest’anno, l'aumento non è stato abbastanza per livellare i loro profitti che sono stati estremamente colpiti dalla crisi economica. Inoltre, le linee dovrano investire miliardi di dollari in nuovi attrezzature da qui al 2015. Contenitori refrigerati sono quasi quattro volte più costoso da costruire e mantenere rispetto ai contenitori a secco e le spese associati, come le spine, i costi bunker e R & S mettono il costi ancora più sotto pressione. Se le linee mantengono il trend di quest'anno, gennaio sar solo l' inizio e si aspetta in altro incremento del GRI che si terr nella prima met del prossimo anno. A parte l'ultimo GRI, questo nuovo GRI comprender i percorsi dall'Asia verso l'Europa come anche dall'Africa verso l'Europa. Per ammorbidire l'impatto del aumento dei tassi faremo del nostro meglio per negoziare il più possibile con il compagnie di navigazione e dei nostri spedizionieri.

Froconsur alla Fiera SEAFEX a Dubai

Dal 19 al 21 novembre Froconsur ha partecipato a la Fiera SEAFEX a Dubai. La fiera si è svolta presso il World Trade Centro di Dubai ed è stata istituita per promuovere l'industria ittica nella regione. Con un consumo di oltre 50 chili di frutti di mare a testa all'anno, il mercato del Medio Oriente ha un grande potenziale. Per conoscere questo mercato Froconsur ha deciso di partecipare con un piccolo stand dedicata interamente al settore. Le risposte sono state oltre il nostro espetativo portando grandi opportuntita per ottenere una quota di questo mercato per i prossimi anni.

Aumento del prezzo del Pangasio

Grave carenze di materia prima e diminuzione dei numeri di agricoltoi del Pangasio stanno portando ancora na volta un aumento dei prezzi del pangasio

Inoltre, il prezzo basso della materia prima degli ultimi mesi, che erano in molti casi inferiori ai costi di produzione, hanno costretti gli agricoltori a ridurre la quantit di pesce nelle loro stange. Ciò per creare una minore disponibilit del prodotto alla fine poter chiedere un prezzo megliore per il pesce disponibile. L’aspettativa di alcune fabbriche è che i prezzi continuano ad aumentare, specialmente intorno al mese di febbraio, quando l’anno nuovo Vietnamita si svolge e il consumo domestico di solito sara più forte.

Voltar ao início

01 maart 2010

O peixe de viveiro vietnamita Peixe-gato tem sido desenvolvido como um dos produtos de principal exportação vietnamita dos últimos anos. O peixe é consumido em todo o mundo e todos os dias dezenas de contentores carregados de Peixe-gato deixam os portos do Vietname para serem distribuídos globalmente. A popularidade deste peixe é devida em parte ao preço baixo e disponibilidade em supermercados.

Os mercados europeus e americanos são muito interessantes para os diferentes piscicultores vietnamitas de peixe-gato. Devido elevada produção, há o risco de venda de produtos de pior qualidade. Contudo, apenas trabalhamos com piscicultores cuidadosamente seleccionados nos quais os nossos gestores de qualidade no Vietname conduzem inspecções de produto antes do envio. Desta forma, podemos garantir a qualidade desejada.

No final do ano passado, recebemos a informação de que a procura do peixe-gato aumentara, devido diminuição dos stocks europeus e americanos e ao aumento de encomendas por parte dos importadores. Este aumento da procura provocou o aumento dos preços da matéria-prima. Informámos os nossos clientes atempadamente para que pudessem comprar a um preço menor e para que os seus produtos fossem entregues a um preço abaixo do preço actual do mercado. Os produtos comprados em Dezembro estão a ser actualmente enviados e entregues aos nossos clientes. Dado que a previsão concretizou-se e os preços aumentaram, os nossos clientes puderam beneficiar de uma grande vantagem na diferença de preço. Tendo em consideração que a taxa de câmbio de dólar norte-americano e o euro melhorou e que as tarifas de frete aumentaram, este nível de preço aumentou a nível mundial. Portanto, este é um bom momento para antecipar os desenvolvimentos actuais e fazer uma encomenda de peixe-gato.

Recentemente, os preços do peixe-gato aumentaram bastante, em parte devido a um aumento da procura global pelo produto. O nível de preço na Europa irá aumentar em breve.

Voltar ao início

07 januari 2010

A partir de 1 de Janeiro de 2010, os produtos de importação de captura de peixe selvagem (ultracongelados) terão de ser acompanhados por um certificado de captura. Este certificado terá de indicar que o produto não foi capturado ilegalmente. Os peixes de água doce e o marisco não foram incluídos da nova lei. No entanto, os camarões selvagens capturados precisam de um certificado de captura.

O certificado tem de ser emitido por uma autoridade certificada no país de origem. Para que se possa controlar o método de captura dos produtos, o certificado precisa de estar junto do produto em todos os momentos.

Quem é que verifica?

Em princípio, trata-se de uma fiscalização de documentos, e terá de ser verificada pela autoridade aduaneira.

Também podem ocorrer auditorias para analisar o risco. Na Holanda, isto seria feito pela VWA (autoridade de saúde). As diferentes auditorias podem assumir a forma de inquéritos no país de exportação ou verificações presenciais dos produtos.

Porque o certificado de captura tem de ser emitido ao mesmo tempo do que os documentos gerais (certificado de saúde), é aconselhável ter os documentos pelo menos três dias antes da chegada dos produtos ao porto do destino. Se os documentos chegarem mais tarde, o importador pode ter de lidar com atrasos. Nas regulamentações INN, há um termo de três dias para o registo de certificados de captura. Isto dá as autoridades a possibilidade de solicitar informações adicionais a um terceiro país, previamente chegada dos produtos.

Capturas anteriores a 1 de Janeiro de 2010
As capturas anteriores a 1 de Janeiro de 2010 não precisam de um certificado de captura. O importador terá de provar que o produto foi capturado antes de 2010. O mais fidedigno é uma declaração das autoridades do país de origem, possivelmente com uma anotação no certificado de saúde. Se tal não for possível, outros documentos administrativos podem esclarecer a situação.

Voltar ao início

26 de Novembro de 2009

Polvo é um produto que costumava ser consumido apenas nos países do Sul da Europa, mas esta saborosa espécie de lula está a tornar-se cada vez mais popular, também nos outros países da Europa.

O polvo está a tornar-se cada vez mais popular na Europa. Nos anos 90, o polvo era apanhado no Sul da Europa e nos países Africanos localizados no Mar Mediterrâneo. Actualmente, existem mais territórios que oferecem o produto.

Até há dois anos, os preços estavam constantemente a aumentar, em parte devido crescente procura de produto popular.

Mas desde o final do ano passado, que notamos que os preços têm diminuído fortemente. Por exemplo, os preços do polvo marroquino, (que é considerado como sendo de melhor qualidade) diminuiu cerca de 30% no ano passado.

Até alguns anos atrás, os polvos do Extremo Oriente e da América do Sul eram considerados de qualidade inferior em comparação com os produtos Europeus e Africanos, mas ultimamente há mais oferta de boa qualidade destas áreas com uma boa relação preço/qualidade.

FROCONSUR pode oferecer preços muito competitivos a partir de Marrocos e da Mauritânia. Mas ultimamente estamos a ter cada vez clientes mais entusiasmados com os nossos produtos da Tanzânia, Indonésia e Vietname.

Estamos a obter Polvos destes países de elevada qualidade que não são tratados com aditivos por isso o seu sabor, estrutura e eficácia é melhor. E... os preços destes produtos são significativamente mais baixos que os produtos provinientes de Africa, enquanto a sua qualidade é excelente.

Então mais uma vez, é uma altura muito interessante para ver estes produtos.

Voltar ao início

1 de Outubro de 2009

Lula– os preços estão a aumentar e a disponibilidade é menor, ainda assim a China é a melhor opção

Devido a várias circunstâncias, a disponibilidade da Lula (Bartrami, Todarodes Pacificus e Illex Argentinus), é muito inferior em comparação com o ano passado. No caso da Bartrami, a captura foi muito decepcionante este ano, resultando em menos de 10% de volume disponível em comparação com a captura de anos normais. Devido aos volumes pequenos disponíveis e procura existente, os preços já estão a subir.

Para o Todarodes Pacificus (tamanho especialmente grande a produzir tubos de U/5) a disponibilidade também está limitada. Devido s necessidades continentais em China (para o feriado chinês no início de Outubro) é muito difícil inserir apenas tubos de um tamanho num recipiente de 12 metros. Espera-se que os preços aumentem em vez de diminuir (também devido ao aumento dos custos de transporte). Espera-se que apenas em Outubro/inícios de Novembro os tamanhos maiores fiquem disponíveis. Espera-se que tenha um efeito de decréscimo no preço.

Mesmo quando a disponibilidade é mais limitada (e os preços aumentam),ainda assim os nossos clientes espanhóis que normalmente compram a Lula na América do Sul indicam que os preços do mercado chinês são muito melhores do que os do mercado da América do Sul. Normalmente compram o Illex Argentinus, mas as capturas deste produto na primavera de 2009 foram também bastante desapontantes. Portanto, mudaram o foco para a lula chinesa. Por isso, com base nestas informações, a lula chinesa é a melhor opção neste momento.

No final de Outubro/inícios de Novembro, muitos barcos de pesca irão voltar ao continente com as suas capturas. Espera-se que esses barcos de pesca tragam cerca de 40-50% do total do ano de 2009 e, portanto, a oferta será melhor. Tome nota que a maior parte destas quantidades já foram pré-reservadas, já que os importadores de todo o mundo tomaram as suas posições estratégicas. Em circunstâncias normais, espera-se que o preço estabilize ao nível actual após este período.

As informações que recebemos dos nossos contactos por toda a Ásia não indicam que a situação mude dentro das próximas semanas, portanto, para assegurar as suas quantidades e garantir que recebe a qualidade correcta, recomendamos que encomende já.

Voltar ao início

22 juli 2009

Com fundos, conhecimentos e uma rede de ajuda, a Child at Venture e a Froconsur ajudam os empresários africanos.

Amesterdão – 22 de Julho de 2009 – A Child at Venture, uma ONG que ajuda os jovens adultos e a holandesa Froconsur, um grossista de peixe ultracongelado, ajudarão empresários quenianos a construir o seu negócio.

A Froconsur coopera neste programa “adoptando” um negócio no Quénia. Os jovens quenianos foram formados em empreendedorismo pela Child at Venture. A Froconsur adopta o chamado “Lugar Seguro”, um sítio aonde vários empresários podem iniciar o seu negócio. Um “Lugar Seguro” é um sítio seguro e central aonde mães adolescentes quenianas, vulneráveis e que devido pobreza tornam-se vítimas da exploração e prostituição, podem começar o seu próprio restaurante. Ao mesmo tempo, o espaço, localizado em Kisumu, a principal cidade do Quénia Ocidental, será utilizado por cabeleireiras e alfaiates.

A Froconsur apoiará a iniciativa queniana durante 18 meses e ajudará os empresários, tanto financeiramente como através da partilha de experiência e conhecimentos em como criar uma empresa. Desta forma, estabelecer-se-á uma relação única entre a experiente organização Froconsur e as jovens quenianas.

Devido s limitadas oportunidades de educação e o nível elevado de desemprego nos países em via de desenvolvimento, os jovens adultos muitas vezes não têm uma perspectiva próspera. Por conseguinte, ficam vulneráveis criminalidade e exploração. O empreendedorismo oferece a estes jovens uma alternativa. A Child at Venture forma, financia e guia estes jovens empresários com a ajuda das empresas holandesas.

A Jamy Goewie, fundadora e directora da Child at Venture: “Com o slogan Empresários para Empresários oferecemos um processo exclusivo que é para ambas as partes interessante, informativo e único. A parte profissional oferece conhecimento e experiência iniciando um negócio, enquanto os jovens empresários desfrutam em primeira mão o que é criar um negócio no país em via de desenvolvimento a nível micro. Para os jovens empresários é uma forma excelente de receber apoio de uma empresa. Nós e os empresários quenianos esperamos trabalhar com a Froconsur em breve”.

André Papa, director da Froconsur: “Esta forma de apoio é concreta e directa e atractiva a nosso ver. Ajudar jovens empresários a construir a sua própria empresa é trabalhar tendo em vista resultados e vai ao encontro do nosso método de trabalho. Escolhemos especificamente o Quénia já que temos contactos empresariais com os pescadores do Lago Victória e com este projecto iremos contribuir a uma pequena escala.”

Voltar ao início

21 de Julho de 2009

NESTA ÉPOCA, OS PREÇOS DO CAMARÃO TIGRE GIGANTE SERÃO ALTOS!

Como já tínhamos previsto para este ano, os preços do camarão tigre gigante serão altos (em dólares como nos anos anteriores). Muitas das razões são:

- muitos dos agricultores pararam o cultivo de camarões e voltaram de novo ao arroz já que é menos arriscado e o lucro é superior nos últimos anos.
- muitos países focaram-se mais em camarão branco em vez dos Camarões Tigres Gigantes (Tailândia, Indonésia, Malásia). A razão por detrás disto é que o risco do cultivo de camarão branco é menor e o lucro é superior.
- os furacões em Bangladeche destruíram muitos lagos.

Este ano serão em especial os pequenos tamanhos que estarão a preços muito caros. A principal razão para isto é que a maior parte dos agricultores cultivam camarões maiores de modo a não concorrer com os camarões brancos (já que os camarões brancos são principalmente mais pequenos e bastante mais baratos). Quando a época alta começar (Agosto) podemos, com toda a certeza, oferecer-lhe os melhores preços sazonais para os tamanhos grandes (8/12 até 16/20).

Para os tamanhos pequenos temos uma boa alternativa, camarões brancos de cor escura, embalados com as mesmas especificações dos CAMARÕES TIGRE.Podemos assegurar-lhe preços baixos!

Caso esteja interessado em mais informações, imagens, preços etc., contacte-nos!!

Voltar ao início

Froconsur B.V.